Conclusão

O LDAP trata-se de um protocolo aberto, rápido e eficaz que nos permite criar ferramentas de servidores ou de clientes compartilhando um mesmo padrão e facilitando a interoperabilidade em ambientes heterogêneos com diferentes máquinas, sistemas operacionais ou implementações do mesmo. Desta forma, um servidor OpenLDAP pode ser capaz de interoperar com clientes ou ferramentas de gestão desenvolvidas por outros fabricantes, como Microsoft, Novell, etc. Entretanto, com ferramentas livres desenvolvidas pelo projeto OpenLDAP é possível interoperar com um servidor Active Directory, inclusive chegando a integrar uma máquina em Linux dentro de um domínio gerenciado por Active Directory.

Voltar para o índice | Próximo capítulo

Last edited Sep 12, 2007 at 6:08 PM by joicekafer, version 5

Comments

No comments yet.